quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Mais do fantástico lusitano

Há alguns dias, falei aqui sobre duas revistas portuguesas dedicadas à literatura fantástica, a Bang! e a Dagon. Agora é a vez de duas outras revistas publicadas nesse animado mercado transatlântico.
Conto Fantástico é editada por Roberto Bilro Mendes, o mesmo de Dagon, da qual mantém a proposta: apresentar contos e novelas de fc&f de qualidade, sem firulas e estravagâncias visuais. Os dois primeiros números foram publicados há cerca de dois anos exclusivamente em papel, mas a nova edição chega aos leitores em formato virtual, com 26 páginas e distribuição gratuita. Os textos publicados são assinados por Álvaro de Sousa Holstein, Fernando Lobo Pimentel, Marcelina Gama Leandro e Vitor Frazão, com a capa é de Erasmus Brosdau. O editor informa que pretende manter a revista no formato digital com periodicidade bimestral.
Outra revista interessante, com uma proposta completamente diversa, é a Nanozine, que disponibilizou o número 7 em novembro. Editada por Leonor Ferrão, tem uma proposta mais ampla, não exclusivamente de fc&f e com a publicação de crônicas, contos, poesias e entrevistas, tudo embalado com uma elaborada produção visual. Participam desta edição: Ana Ferreira, Telmo Marçal, Marcelina Leandro, Rui Tinoco, Joel Puga, Carlos Silva, Olinda Gil, Joel G. Gomes, Célia Loureiro, Pedro Cipriano e Maria João Monteiro, sendo ainda entrevistadas Carla M. Soares e Cláudia Silva.
Nanozine 7 tem 41 páginas e uma edição em papel será distribuída posteriormente. Outros números da revista podem ser obtidos no blogue da publicação, aqui. Submissões são bem-vindas, mas é recomendável dar uma boa lida no manual de regras da publicação antes de encaminhar o texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário